Fluxo de Caixa

Como Trabalhamos

A implantação de “Fluxo de Caixa” ou de “Gestão Estratégica de Custos” dura de 10 a 12 visitas, dependendo do segmento do cliente. As visitas são feitas uma vez por semana e tem duração média de três horas. Podemos planejar todas as datas antecipadamente ou no decorrer do projeto.



As visitas para fluxo de caixa seguem um padrão, sendo:

• Definição e alimentação dos dados de entrada.
• Estudo de todos os custos e despesas fixas, lançamento das despesas e custos fixos e projeção dos mesmos.
• Classificação dos fornecedores e lançamento no Fluxo de Caixa.
• Estudo das projeções e identificação dos fatores de equilíbrio do caixa.
• Treinamento da pessoa responsável pelo setor financeiro sobre a gestão estratégica do caixa.
• Reunião de planejamento estratégico e definição de metas para o futuro.


Após a implantação o cliente irá obter:

• O conhecimento do processo de Gestão Econômico-Financeira para que se possa identificar corretamente a origem das variações dos saldos do caixa, mostrar que é possível planejar o caixa de forma eficaz economizando grande quantia de dinheiro e contribuindo significativamente com o planejamento estratégico da empresa.

• Conhecimento na elaboração de uma estratégia superior para a empresa, mostrar que muita informação pode ser coletada, planilhada e estudada pelo gestor e seus auxiliares a fim de melhorar a performance do setor financeiro e do resultado global da empresa.

• Conhecimento de identificar saídas para os problemas de caixa que a empresa pode enfrentar e desse modo, propor algo novo, o que ajudará a empresa a sair do marasmo de resolver seus desencaixes financeiros sempre da mesma forma.

• Conhecimento para perceber necessidades de mudança no comportamento empresarial frente às escolhas que a empresa faz. Para isso aprenderão a fazer avaliações sistemáticas do planejamento financeiro, fundamentais para definir metas e objetivos nesse campo.

• O conhecimento da necessidade de capital de giro a curto, médio ou longo prazo.

• Com as respostas financeiras à mão sem a necessidade de realizar os “enfadonhos” levantamentos o empresário terá condições de elaborar estratégias para o crescimento e consolidação do seu negócio. E tudo isso se utilizando de uma ferramenta de baixíssimo custo, o Excel.

Implantação de Fluxo de Caixa

A planilha de Fluxo de Caixa da Graficosnet foi desenvolvida em Excel. É uma ferramenta muito prática e funcional, ideal para o controle do caixa da empresa no dia a dia. Excelente plataforma de planejamento, todos os dados ficam diante dos olhos (na tela), o que facilita a visualização dos saldos nas datas projetadas.



Professor Rodrigo Virgilio Martins

Vídeo da Construção da Planilha.

Fluxo de Caixa - Parte I

Avaliamos como é a dinâmica de recebimentos de sua empresa. Cada botão ao lado leva à uma planilha onde os valores de entrada são lançados. Customizamos o Lançamento Entradas conforme a necessidade de seu negócio. ​

Quando clicamos em Entrada 1 por exemplo somos direcionados para uma planilha de lançamento dos valores de entrada dessa conta específica. Aqui, de forma muito simplificada, lançamos a data, o histórico e os valores correspondentes.

Os valores aparecem somados e ordenados por data na pasta previsão diária das entradas.

Fluxo de Caixa - Parte II

​Selecionamos os principais fornecedores da empresa e os botões ao lado nos direcionam para as planilhas onde lançamos todo o nosso histórico de compras com aquele fornecedor. Dessa forma podemos lançar as compras já realizadas e projetar compras futuras a fim de avaliar nossos saldos, por exemplo para o próximo trimestre.



Cada fornecedor tem sua pasta e aqui devemos anotar detalhes das compras realizadas, tais como: Data do Boleto a ser pago Nº da Nota Fiscal Produto Adquirido Valor ​Todos os valores lançados são distribuídos conforme a data a pagar. Na planilha abaixo a primeira coluna de data tem a fórmula = HOJE(). Portanto, ela é uma planilha de previsão. Caso algum fornecedor deixe de ser pago, a data de pagamento tem que ser alterada garantindo dessa forma uma gestão diária das operações.

Fluxo de Caixa - Parte III

Nessa parte do Fluxo de Caixa registramos todas as despesas fixas da empresa. Geralmente esse é o painel mais fácil de planejar. Essas contas também tem os valores alterados por diversos motivos durante o ano mas, como não acompanham as vendas são mais previsíveis.​

Na figura ao lado temos o exemplo de como lançar os salários e adiantamentos. De forma muito simples lançamos o ano todo desse compromisso e alteramos quanto há necessidade ou quando queremos planejar mais contratações, por exemplo.

Da mesma forma que organizamos nossos compromissos com os fornecedores olhando para uma distribuição diária do que deve ser pago, fazemos o mesmo com as despesas fixas. É só clicar e obteremos a distribuição diária do que foi lançado automaticamente em nossa tela, facilitando assim o planejamento de contas a pagar.

Fluxo de Caixa - Parte IV

​Aqui são lançados os Impostos, as Comissões, Juros eventualmente pagos pelo uso do limite de C/C , as Tarifas Bancárias e Parcelamentos de Empréstimos.​Ao clicar no botão parcelas abrimos a pasta de controle do empréstimo ou dos empréstimos contratados pela empresa. Nesta pasta temos todas as informações importantes para gerir os parcelamentos, tais como: ​Valor da Parcela Taxa Contratada Juros e Amortizações do Período Saldo Devedor



​Nessa parte do Painel de Controle do Fluxo de Caixa temos os botões que nos direcionam para a pasta de lançamento dos impostos e das tarifas bancárias. Dependendo da necessidade da empresa são criados outros campos, como por exemplo o de controle de gastos com reformas. Dessa forma acabamos de construir um ambiente de planejamento eficaz, já que todas as entradas e saídas da empresa estão organizadas nesse ambiente. Agora acesse a última parte da implantação da Fluxo de Caixa parte 5 e veja como visualizar todos esses números juntos!

Fluxo de Caixa - Parte V

Finalmente, na parte 5 da implantação analisaremos os saldos projetados e o planejamento começa com a análise desses saldos futuros. Negociando com fornecedores, estimulando a equipe de vendas a trazer vendas num determinado prazo, realizando compras mais adequadas alongamos o prazo de saldos positivos projetados o que garante uma maior tranquilidade para trabalhar além de um custo financeiro aceitável. ​

​Os relatórios mensais também nos auxiliam na gestão do caixa. Muitos relatórios são possíveis:

Relatório das Receitas
Relatório de Despesas Fixas Totais
Relatório de Gastos com Fornecedores
Relatório de Empréstimos Contratados, etc...

Todos eles com seu gráfico acoplado, ferramenta que ajuda na análise dos dados por si só.

Agora com o Fluxo de Caixa em Excel implantado, a empresa se beneficia do planejamento diário do seu caixa. A implantação é também um treinamento para os funcionários do setor financeiro. Após esse estudo, estes funcionários poderão contribuir mais efetivamente na gestão do caixa da empresa. Em muitos casos a atuação de um funcionário bem treinado gera economias que chegam a pagar seu salário e de mais alguns colaboradores, ou seja, um investimento com retorno imediato! ​

Vídeos

CANVAS - Bussiness Model Generation

Alexander Oterwalter - Coautor do best seller Bussiness Model Generation com Yves Pigneur.

Canal do Professor Rodrigo Virgilio Martins

Nossa página de vídeos está se ampliando, disponibilizaremos muitas opções para você.



Homenagem ao Trabalho de Márcia Kühl Martins

Grande incentivadora dos meus projetos, parceira, orientadora e acima de tudo uma grande amiga.